Lisboa Arqueológica IV

Castelo de São Jorge

Erguido no topo de uma colina sobranceira ao Tejo, o Castelo de São Jorge é, sem dúvida, um dos monumentos mais emblemáticos da cidade de Lisboa.
Embora a fisionomia actual da estrutura se deva a importantes intervenções ocorridas na primeira metade do século XX, são conhecidos diversos vestígios da longa ocupação humana do local, que remonta à Idade do Ferro.
As muralhas da fortaleza são a evidência mais visível, mas subsistem igualmente restos de outros edifícios, assim como um relevante e variado conjunto artefactual que integra objectos tão distintos como ânforas romanas provenientes da Itália ou cachimbos de caulino holandeses e ingleses usados às vésperas do Terramoto de 1755.

Ponto de Encontro