Quem Somos

A Lisboa Autêntica é uma equipa multidisciplinar com colaboradores de várias nacionalidades. Temos em comum o gosto pela cidade de Lisboa e adoramos partilhá-lo consigo. Juntos descobrimos a cidade, movidos por uma imensa curiosidade, informação rigorosa e boa disposição.

A Equipa:

Sou o Paulo Antunes, sou um alfacinha fresquinho e repolhudo, licenciado em Antropologia pelo ISCTE a concluir um mestrado em Gestão de Destinos Turísticos, pela ESHTE. Sou um entusiasta por passeios a pé, gosto muito de pessoas e da cidade de Lisboa. Estou muito feliz por ser o diretor da Lisboa Autêntica.

 

 

Chamo-me Gonçalo Peres e o que mais me realiza é pegar na mochila e partir por esse mundo fora, sem planos, a confiar na sorte, no imprevisto e na energia positiva. Mas também gosto de conhecer o nosso belo país e adoro caminhar. Descobri a Lisboa Autêntica através dum artigo de jornal e fiquei fã dos passeios, do ambiente informal e familiar e das coisas novas que aprendi sobre a minha cidade e as suas gentes. Passei a fazer parte da equipa como responsável pela construção do site e dos recursos técnicos, para facilitar a comunicação e a organização da informação.

 

A minha história no turismo teve início nos longínquos anos 90, no ISLA, para onde regressei agora, de volta à licenciatura em Turismo! Tenho trabalhado em hotelaria, agências de viagens, cruzeiros!… Como complemento, é como guia de passeios em Lisboa que integro anos de aprendizagem e experiência. O que eu, Sandra Félix, gosto mesmo é de dar a conhecer a nossa linda Lisboa, que a cada ângulo revela mais uma história.

 

O meu nome é Petra Breitfuss, sou uma Austríaca que vive em Lisboa, a cidade que tem tudo, mas não mostra tudo imediatamente. Na Áustria, durante a Páscoa, os pais escondem prendas e os filhos têm que ir procurá-las. Esta tradição tem o nome de „Osternesterl suchen“. Lisboa é para mim algo de parecido: Lisboa tem muitos presentes maravilhosos, escondidos, que eu vou descobrindo enquanto passeio. A «Lisboa Autêntica» ajuda-me a conhecer melhor Lisboa e a encontrar os meus „Osternesterl“ escondidos na cidade. Sou licenciada em Estudos Germânicos e na Lisboa Autêntica faço traduções e passeios em alemão.

 

Nascer no bairro da Lapa. A moldura do Tejo ao fundo. Sete colinas acima, sete colinas abaixo. Em frente, a avenida, a calçada, a travessa. E cruzou-se comigo a Comunicação Social (UNL). Marcámos ali um tempo na praça do conhecimento. E a luz de Lisboa a dar azo à caminhada. Nova encosta, uma azinhaga, a escadaria. Ufa! Já se fez noite! Mas o Ecoturismo (ISLA) valeu a pena aprender! Eu sou a Ana Marques e, hoje, ofereço Lisboa a quem queira receber tudo o que a cidade tem de genuíno! Tudo! Lisboa Autêntica e, claro, pernas para andar!

 

O meu nome: Sara Domingos. A minha principal ocupação: artista visual. Mas também faço a criatividade das peças visuais e de comunicação dos itinerários temáticos da Lisboa Autêntica. Alfacinha de gema tenho o meu atelier no coração da Baixa, militando não só pela arte como pela vida artística no centro histórico de Lisboa, num conceito cada vez mais forte de revitalização desta zona. Sou também criadora da marca Olívia, sabões artesanais feitos a partir de azeite. Congrego em mim e no espaço que ocupo várias atividades e várias vontades.

 

O vinho é para mim uma paixão. A cidade de Lisboa é o meu encantamento permanente. Chamo-me António Coelho, sou licenciado em Engenharia Alimentar ramo Viticultura e Enologia e trabalho desde há mais de uma década no mundo dos vinhos. Trouxe para a Lisboa Autêntica o conhecimento dos néctares dos deuses em histórias e em provas. Com provas dadas!

 

 

Apaixonei-me por Lisboa quando ainda era pequena. Cresci no Estoril a ver o mar, mas o Tejo e a cidade sempre chamaram por mim. Agora sinto estas ruas, estes cheiros, esta luz e estes sabores, e  encanto-me com as pessoas de todos os tempos e de todos os mundos que cá vivem. Estudei Desenvolvimento e Cooperação. Trabalho em Desenvolvimento Comunitário. Gosto de partilhar esta cidade viva com todos aqueles que  gostam de viver. Em Nova York, descobri que se podia conhecer uma cidade através dos seus sabores. Sou a Alexandra Santos e acredito que os sabores de Lisboa  também devem ser partilhados.

 

Com raízes na Beira, mas nascido em Olisipo, sempre me interessei pelas histórias da História. Por ser um curso que reunia a História e a Arte, licenciei-me em História, variante Arqueologia na FCSH/UNL, onde acabei por fazer também o mestrado na mesma área. Sou o Carlos Boavida.Sempre gostei de andar a pé por Lisboa e ir descobrindo os seus recantos e memórias, tanto sozinho como acompanhado por amigos ou familiares.

 

Sou o Manuel Fialho, Lisboa é a cidade onde nasci, cresci e vivo. Sempre com o Tejo como pano de fundo fui conhecendo esta cidade e aprendendo a gostar dos seus recantos, praças, largos, edifícios e pessoas. Sou investigador do Gabinete de Estudos Olisiponenses onde me dedico a tempo inteiro a estudar a história de Lisboa. Doutorando em História Medieval, procuro não só conhecer a Lisboa presente, mas também reconstituir a cidade que já não vemos e que nada nos impede de imaginar.

 

 

Estágios:

2012 – Jessica Whitfield – Línguas Modernas Português e Espanhol pela Universidade de Leeds

2013 – Ana Carolina Dias – Licenciatura em Turismo, vertente Informação Turística, no Instituto Superior de Novas Profissões

2013 – Rita Costa – Gestão de Animação Turística, no Instituto Politécnico de Leiria

2013 – Marco Muscariello – Degree in “Business Administration” – University “Seconda Università di Napoli”- Capua (CE)

2013 – Cátia Pedroso -Licenciatura em Turismo, vertente de Informação e Animação Turística, na Universidade Europeia

2014 – Federica Di Marco – Bachelor’s degree International Realations faculty of foreign languages for International Communication, Catania (Itália). Master’s degree Foreign Languages fot International communication Almamater Studiorum Foreign Languages School, bologna (Itália)

2014 – Raquel Dias Cardoso – Licenciatura Animação Turística Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche – Instituto Politécnico de Leiria

2014 – Stefano Casales – Licenciatura em Publicidade e Mestrado em Teorias da Comunicação pela universidade de Palermo.

2014 – Maria Ribeiro – Curso Técnico de Informação e Animação Turística pelo Citeforma

2015 – Susana Duarte – Licenciatura em Turismo pela Universidade de Évora

2015 – Cláudia Santos – Licenciatura em Turismo pela Universidade de Évora

2015 – Vanessa Coelho – Curso Técnico Profissional de Turismo

2015 – Giancarla Trizio – Licenciatura em Economia e Negócios pela Universidade de Bari, Itália e Mestrado Euromediterrânico em Culturas e Turismo

2015 – Dario Riccobono – Diploma di Operatore turistico, Università di Palermo  – Scienze della comunicazione, Cultura e Arte (Italia)

2015 – Alex Mancinelli – Amministrazione, finanza e marketing – Instituto omnicomprensivo “G.Mazzini”, Magione (Italia)

2016 – Maria Helena Moura – Licenciatura em Turismo pela Universidade de Évora

2016 – Marta Bombolska – Master’s degree in Applied Linguistics in University of Warsaw

2016 – Alazne Cortiñas – Guia, Informacion y Asistencia Turistica in Oscus Bilbao

2016 – Daniele Ghia – Specializzato in Turismo presso Instituto Tecnico per il Turismo “Lita Levi Montalcini”, Acqui Terme (Italia)

2016 – Quentin Chevalier – Formation BAFA

2017 – Carolina Covelas – Formação em animação turística

2017 – Davide Urzí – Esperto nella valorizzazione e promozione delle risorse ambientali e culturali – Università di Catania, Scienze della comunicazione (Italia)

2018- Mafalda Carvalhuço- Licenciatura Animação Turística Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche – Instituto Politécnico de Leiria

2018- David Pereira- Curso de Especialização Tecnológica em Turismo Cultural e do Património – Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril